domingo, 20 de maio de 2012

Suporte


O silêncio é um batente e meu amigo,
Num ancoradouro antigo,
E as recordações, leais companheiras, a onda,
Onde se despem os medos,
No amor das marés que são nossas,
Que uma ou outra gaivota ronda
Para assinalar os penedos.


2 comentários:

  1. O amor é o suporte, a base, de tudo!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, no amor e com o amor cresce e sustenta-se um mundo.
      Beijinho

      Eliminar