quarta-feira, 11 de abril de 2012

Nota


Um pouco de mim ainda flutua,
Do outro lado da Lua,
Num oscilar de bobo,
Com a raiz exposta
À procura de uma resposta.

No meu ar paira um pouco de ti,
Quem nunca conheci,
Numa outra rua,
Com um passo certo
Que se dissipa quando desperto.

Nota!


7 comentários:

  1. Toma nota: atravessa a estrada e vai para a "outra rua" ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atravessa a estrada Henrique, não te atires para o chão :D

      Vá, dá cá a mão, eu ajudo-te a levantar :))

      Eliminar
    2. "O que vale é que" era uma bicicleta...
      Obrigado!
      :))

      Eliminar
    3. E como é, vais ficar ai no meio da estrada ou atravessar o resto? :D

      Eliminar
    4. :)
      o.k., anda lá, mas aviso desde já que se acabaram as amêndoas :))

      Eliminar