segunda-feira, 25 de maio de 2015






há qualquer coisa que me faz desejar-te, 
ser qualquer coisa num qualquer lugar teu; 
que me faz regressar de qualquer parte. 

há qualquer coisa em ti que produz qualquer coisa em mim, 
uma qualquer coisa que não encontra um simples fim; 
qualquer coisa que simplesmente me ilumina o escuro, 
me preenche de qualquer forma, em coisas de alheado, 
e que me faz lembrar qualquer coisa sobre o futuro, 
qualquer coisa como: ter um qualquer mais cuidado… 




 [livro aberto]



3 comentários:

  1. É qualquer coisa... [É obra!]
    Para além de tudo, ainda surpreende positivamente.

    ResponderEliminar
  2. é uma qualquer coisa que acho que é amor.
    gostei!
    beijinho
    e boa semana.
    :)

    ResponderEliminar
  3. Há sempre qualquer coisa que nos atrai...

    Bonito!

    Beijos, Henrique. :)

    ResponderEliminar