quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Natureza morta


Natureza morta
Ou
Não foi

Não foi um hiato
Não foi uma hora
Não foi uma ponte
Não foi uma estrada
Não foi uma cópula
Não foi um engano
Não foi uma ilusão
Não foi um vício
Não foi um capricho
Foi acima de tudo
Foi

E acima de tudo dura
Existe sem existir
Vive num plano extinto
Acocora-se e ergue-se
Mas não é

E ninguém sabe o que ficará
Nem interessa alcançar
Nem isso derruba
E será


2 comentários:

  1. Foi, não é e será... Serve-me na perfeição.
    Um beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Terminações/finais» à medida. [:)]
      Beijinho!

      Eliminar