sexta-feira, 21 de junho de 2013

na pequena cidade




num princípio unívoco de democracia
diferenças que noite não cuida e não atenua
a chuva retira das ruas a tristeza e a alegria
a cidade corre para o betão e para o asfalto
não sabe com quantos erros se constrói um sonho
e desconhece o efeito do sobressalto
para gáudio de quem a expõe como heresias
sem existir cai lentamente
encheu-se de palavras e de fantasias
escorre apressadamente para os canais
da ria imóvel e condicionada
que encerra as minhas alegorias emocionais



1 comentário:

  1. Talvez a vida seja isso viver só os sonhos que nos deixam sonhar
    beijinhos

    ResponderEliminar