quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Base


A confiança mistura-se no manto
De folhas caducas
Caída
E em queixume e pranto
Permanece sem saída

Nem a reboada de alegrias
Em revoada
De várias travessias
Ousa levantá-la
Da forma quebrada
E vão encontrá-la
Longe e dividida
Confiança perdida


6 comentários:

  1. quando se perde a confiança difícil fazer nova travessia
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Quando se perde a confiança... principalmente em nós próprios será ainda pior continuar...

    Beijinhos

    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse, sem dúvida, é o pior cenário.

      Obrigado, Ana!
      Beijinho

      Eliminar
  3. A confiança é uma base na nossa vida, quer em relação aos outros ou ao que nos rodeia, quer em relação a nós próprios. Gosto da forma como o escreveste, essa confiança perdida e dividida.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Laura!
      Sim, é uma base, um pilar (ou vários), parte do alicerce. É fundamental.
      Beijinho

      Eliminar