sexta-feira, 8 de março de 2013

Movimento igualdade e amizade


Pintura de Henrique Matos - Movimento, 2004
Pintura: Henrique Matos - Movimento

Pintura Henrique Matos - Amizade, 2007
Pintura: Henrique Matos - Amizade


juntei os nossos pedaços
e os idos abraços
na arca das memórias e anseios
e percorri as ruas de receios
diáfano e inconvulso
tomei o pulso
embora observado
obstinado
e espalhei os nossos nomes de possibilidade
doce felicidade
hábil calma
em espirais com alma
sem data
e em poses de acrobata
sem prazo
apenas o acaso
tu e eu
intervalo perene que se entendeu
eu e tu
e a amizade a cru
ténue fronteira imune
num termo que nos afortune
a urbe está contente
a laguna de nada se ressente
e o meu sorriso imortal
saiu da marginal
liberto os nossos absolutos
e resolutos
na fortuna das estimas
e regresso pelas avenidas de pantomimas
claro e avulso
de novo tomei pulso
embora apontado
mas determinado
distribuí a nossa igualdade
podes encontrá-la por toda a cidade
livre de decreto ou obrigação
imposto ou dedução
apenas por pura verdade
e porque essa é a naturalidade



2 comentários:

  1. Uma perfeição neste movimento de igualdade e amizade... uma liberdade absoluta.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  2. Olá Henrique dos Santos
    Eu chamo-me Henrique Matos e sou o autor dos quadros que utilizou nesta página. Fico muito grato por utilizar obras minhas nos seus poemas e parabéns pela qualidade da sua escrita. Se um dia vier ao Porto, está convidado a visitar o meu atelier que fica perto da ponte do Freixo.
    O endereço da minha página web:
    http://www.henriquematos.pusku.com/
    O endereço do meu email:
    henrique_matos@netcabo.pt
    Continuação de bons poemas e bom ano novo.
    Cumprimentos e um abraço
    Henrique Matos

    ResponderEliminar