quinta-feira, 8 de março de 2012

Na tua liberdade


No teu tempo sem instante ou cunho
Que me demora e me recorda;
No teu olhar inquiridor e meigo,
Que me despe e mostra o Universo;
No teu espírito tenaz e cativante,
Que me preenche e faz acreditar;
No teu aperto forte e complacente,
Que me cerca sem exigência ou posse;
No teu sorriso justo e vasto,
Que me expande e dá felicidade;
Na tua vontade de mover o mundo,
Que me desarma e abre o espaço:
Enlaço-me,
Cresço
E amo!


3 comentários: