quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Só para dizer [V]:



     Sinto-me tão longe quando estou perto de ti! 


  

3 comentários:

  1. Também existe o sentir perto quem está longe. Talvez fosse preferivel isso que o que escreveste.

    ResponderEliminar
  2. Esta é a beleza e a inquietação dos pensamentos, ou sentimentos, transportados para frases "escorridas".Esta frase pode, com muita facilidade, despoletar sentimentos opostos, contraditórios, antagónicos, uma vez que não se identifica o sujeito sobre o qual verte a distanciação.- Na realidade, o personagem, o indivíduo, o sujeito, está longe de quê e/ou de quem?O desassossego deste “longe” vive da total liberdade de interpretação concedida ao receptor, para o bem e para o mal, e só poderá ter desambiguação real no emissor [eu]. Poderá, maioritariamente, transmitir uma mensagem pouco positiva, uma provocação, é verdade, mas a intenção foi fugir, sem justificações, à transmissão de indiferença que a frase própria frase, de algum modo, encerra.A verdade é que, quando me ocorreu verbalizar as emoções, senti que a proximidade de algo ou alguém me afastava dos negativismos que me circundavam e isso foi familiarmente bom. Quando revisitei, mentalmente, a frase e sensação, antevi que, dependendo de agentes externos que não posso controlar, poderia dar azo ao contraditório e isso agradou-me. Poderia ter escrito de várias outras formas mas era assim que fazia sentido.

    ResponderEliminar
  3. Foi por isso que eu gostei do que escreveste. É uma frase ambigua, que pode ter vários sentidos.

    ResponderEliminar