segunda-feira, 10 de março de 2014

apagar reinventar e prosseguir




voltarei abismado noutro abismo
num ciclo elíptico e reminiscente
com imagens baças como uma visão esgotada
noutros espelhos com os mesmos cenários
de palavras como fragmentos de cansaço
que se amalgamam numa reverência
torpe e decadente
sem ponto de fuga
com um fim marcado e marcante
cansado de dizer adeus
no eterno momento de mudar de rumo
apagar reinventar e prosseguir




2 comentários: