quinta-feira, 6 de março de 2014

dentro de mim como um trilho





ficar a ler a flor e ver as imagens nas palavras
e as palavras e as flores são uma grande família
com saltos e contrariedades que amam e gritam
nada disto me assusta verdadeiramente
o escândalo que acende a causa de uma estrela
porque sinto que escrevo no hiato do destino
coisa que eu não tenho, por isso, traço-o




2 comentários:

  1. Aprender novas palavras e torná-las sempre mais belas é próprio dos poeta
    _dentro de nós corre um trilho a revelia de qualquer sentimento.
    lindo isso;.
    abraço Henrique

    ResponderEliminar
  2. o destino somos nós que o traçamos...

    :)

    ResponderEliminar