domingo, 11 de dezembro de 2011

Fim de linha!


Fim de linha!
ou 
o primeiro retorno


Um dia pediram-me a Lua
E eu fui
Ao céu
Buscá-la.
Quando regressei
Com ela
Já não era desejada
Já não era necessária
E não consegui devolvê-la.

3 comentários:

  1. Olá! Agora fiquei com um aperto no coração.Primeiro porque não quero despedir-me de mais ninguém, mas acredito que um fim pode ser também um começo de outra etapa... No mesmo trilho, mas com outra força. E que forçosamente não há que dizer adeus depois deixa-me brincar um pouco se já estou tão triste... "Que malvada teve o arrojo de te pedir logo a Lua e depois a declinou? Fizeste bem em não a devolver...Há sempre quem valorize uma Lua que outros desperdiçam e a faça ainda mais bela e o centro do seu universo. Um abraço e muito obrigada por tudo o que me dás. Beleza sobretudo. Carinho, amizade, força. Fico muito grata. Dependente! Da tua luz, eu como astro, sem grande luminosidade.

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    :)[Sorriso de quem alinha na brincadeira.]
    Mais do que uma estrela, há uma lua para cada um de nós.
    Obrigado, Noctívaga! Também pela boa disposição.

    ResponderEliminar
  3. Em cada fim há um começo.

    ResponderEliminar