domingo, 28 de fevereiro de 2016

a tua imagem


s. martinho do porto
são martinho do porto | alcobaça | portugal


quando a tua imagem atravessa 
o céu, o mar, os ventos, as letras, 
as pedras, as cores, os cheiros, 
a temperatura, os sons, a luz, 
as dimensões, o tempo, a sombra… 
e bruxuleia, em mim, na consciência 
de confusos sentimentos, anuncia-se 
a repentina fractura do meu débil 
ponto de contacto com o mundo. 
e, tão instantânea, mas prevista, 
surge ela, a sequiosa e faminta poesia. 


 [palavras relacionadas]


2 comentários:

  1. Ai, a poesia!... :)
    Fantástico!

    ResponderEliminar
  2. Adorei esse nascer faminto de poesia...
    E adorei a imagem! Que está linda!!!! Eu talvez lhe tivesse feito um cortezinho à direita... aquele arbustozito no alto é um bocadinho distractivo... e teria eliminado simultaneamente os barquitos cortados à direita... de resto está linda!!! Com uma iluminação de final de dia, absolutamente fascinante... e com todos os elementos, dispostos de uma forma muito harmoniosa na imagem...
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar