quinta-feira, 10 de março de 2016

março


praia da barra [molhe sul] | ílhavo | aveiro


o tempo que há-de vir depois do vento 
frio, frio, que me invade os lugares da alma. 
sinto a revolução das raízes da primavera, 
apesar do vento com um hálito incomum. 
os dias a crescer-nos pelas noites quando 
mais nos cansamos do inverno. sem ela, 
a primavera, eu seria um corpo incompleto, 
como um amor que não se vê por fora. 


 [palavras relacionadas]



3 comentários:

  1. Os tempos novos que estão por vir sempre são esperados com esperança.
    E quantos de nós temos dentro de nós um amor que é so visto e sentido por nós mesmo...
    Uma boa tarde!!!!

    ResponderEliminar
  2. o frio é necessário e por vezes até é apaziguador, mas novos dias virão e esse frio que sentes tornar-se-á apenas numa recordação.
    a foto está sublime.
    Um bom fim-de-semana.
    Beijo
    :)

    ResponderEliminar
  3. Um mês que gosto imenso... o mês dos recomeços... ou não trouxesse com ele, a Primavera...
    Muito bonita a tua interpretação deste mês... em ambas as vertentes...
    Tenho pena que a gaivota da direita, não tivesse ficado na integra... mas é a foto de um momento... e às vezes... é mesmo o que se consegue registar... digo eu... que também tenho um monte de fotos assim... em que a gaivota podia ter colaborado um pouquinho mais...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar