terça-feira, 19 de abril de 2016

que dizer?!


["velocidade"] - aveiro | portugal


que dizer?! 

furtam-me o tempo do mar. 
não quero esconder o cansaço 
de fingir o sol e a lua 
na rotina das mesmas palavras 
que mergulham na penumbra. 

falham os dias. 
falham-me os dias. 

não quero esconder o cansaço 
de esconder o cansaço. 
quero fechar os olhos, sem alarde, 
e baixar os braços. 
sem drama, 
quero respirar fundo 
para suster o desencanto, 
sem salvar o significado, 
e diluir-me. 

a diluir… 
como quem separa a alma do corpo, 
em contramão. 

 [palavras relacionadas]


2 comentários:

  1. Talvez todos nós já tenhamos a alma separada do corpo, como mortos vivos, espectros de nós mesmos. Ou talvez essa separação nos leve a ver a vida só com os olhos da alma.

    ResponderEliminar
  2. Que dizer?... Senão, que às vezes, é mesmo necessário diluirmo-nos em nós... para devolver a alma ao corpo...
    A imagem... está brutal... de boa!
    Adorei esse desfoque de tonalidades intensas!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar