quarta-feira, 27 de abril de 2016

talvez seja


aveiro | portugal


talvez seja como que uma falha anímica, 
ou uma espécie de letargia congénita, 
ficar, assim, um momento, abraçado 
à temperatura amena, ao conforto, 
e a juntar todas as peças que me formam, 
antes de me precipitar para o dia, 
ou para as tarefas do regresso a casa. 
como se se concentrassem em mim todas 
as energias, contra todas as inapetências 
da cidade. 



 [palavras relacionadas]

1 comentário:

  1. Um momento de maior letargia, que também a imagem descreve tão bem quanto as palavras...
    Gostei!
    bjs
    Ana

    ResponderEliminar