terça-feira, 12 de janeiro de 2016

legenda




lá fora: …o inverno; 
a chuva, o vento, o frio; 
a ria, que me aguarda; 
mais chão, serra, praia; 
o asfalto… 

sem pressa, 
mesmo sem saberes 
(e saberás, seguramente), 
és, ainda, uma porção da ilha; 
um pedaço de todo o silêncio; 
um fragmento de toda a luz; 
uma fracção de toda a magia; 
uma parte de qualquer nostalgia; 
um pouco de mim. 


 [palavras relacionadas]


2 comentários:

  1. Neste novo ano estou a tentar visitar todos os amigos da Verdade Em Poesia afim de lhes desejar um 2016 muito feliz cheio de grandes vitórias e muita saúde e Paz.
    António.
    Ps. Tive de seguir novamente pois estava a seguir sem foto.

    ResponderEliminar
  2. Uma magnífica legenda... em imagem e palavras...
    Às vezes há mesmo pequenos nadas, que conseguem ser tudo, para nós... passando a fazer parte de nós... ou teremos sido nós, que passamos a ser mais qualquer coisa para além de nós mesmos... passando a fazer parte de um tudo... e muito mais que o pequeno nada... que éramos nós...
    Tchiii! Melhor não aprofundar mais... antes que a minha cabeça dê um nó também!... ;-P
    Beijos
    Ana

    ResponderEliminar