quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Vontade acautelada


Reservemos todas as palavras, depois destas,
E desvendemos os mistérios das curvas dos sorrisos.
Agarremo-nos aos contentamentos precisos,
E aos concretos, também, ainda, e sem arestas.

Saciemo-nos, sem saciar, com as carícias honestas,
Perlongadas e em paridade com os improvisos.
Escutemos os batimentos fortes e concisos,
Num êxtase consciente de horas modestas.

Afastemos os preconceitos próximos e distantes;
Consideremos cuidar dos afectos que disponho,
Que dispões, e juntos sermos seres felizes e errantes.

Por bem, numa missiva que não imponho,
Não importam as sentenças dos comediantes.
Poderia, acordado, perpetuar este sonho.

09 de Novembro de 2011.

8 comentários:

  1. E esse sonho seria sem dúvida um espantoso alvorecer na vida de qualquer um... As tuas palavras tocam como se fossem melodias e as letras nos acariciassem. Adorei. Escreves que é um mimo!!! Beijoca doce e obrigada por seres meu amigo e teres paciência para me ler. Beijinho e boa noite.

    ResponderEliminar
  2. Vontade acautelada? Receio?

    Nada do que escreveste me parece um sonho. Apenas real. Sentido.

    ResponderEliminar
  3. Verniz Negro:
    Seria, sim...
    Mimos são os teus generosos comentários e ler-te não requer paciência: é um prazer.
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  4. 2linhas:
    São afectos plenos de realidade, plenos de usufruto mental. Algo como: É um sonho que não é e que sendo-o como o é verdadeiramente, poderia não o ser...
    ;)

    ResponderEliminar
  5. Então transforma o sonho em realidade. Ou pelo menos tenta.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Henrique,
    Sonhos são doces, e, ternas realizações que o nosso coração alberga.

    A "Vontade acautelada" é um sonho de afeções emotivo e, intenso. Um recear e, uma ousadia tatuada no "Homem" que impressa voluptuosamente as suas comoções.

    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poderia, acordado, perpetuar alguns sonhos, de forma enternecida e real.
      Obrigado, Ana!
      :)
      beijinho

      Eliminar